modalidades
tiro com arco


O Tiro com Arco está presente nas competições para pessoas com deficiência desde 1960 nos Jogos de Stoke Mandeville, em Roma. Nesta modalidade participam atletas com deficiência motora, visual e paralisia cerebral.

A competição pode ser individual e por equipas, em pé ou em cadeira de rodas. Os arqueiros atiram a um alvo, com dez zonas de pontuação diferentes, a uma distância de 70 ou 50 metros, dependendo da classe desportiva.

O órgão internacional regulador da modalidade é o World Archery, que promove as competições internacionais para atletas com deficiência motora e visual.

Nos Jogos Paralímpicos a competição é disputada só por atletas com deficiência motora nas variantes de singulares e equipas e dividida entre atiradores em pé e em cadeira de rodas.

sistema de classificação desportiva
deficiência motora


Para atletas com deficiência motora existem três classes – W1, W2 e ST – embora nos Jogos Paralímpicos os atletas classificados com W2 e ST compitam em conjunto.

W1 – Atletas que competem em cadeira de rodas devido ao comprometimento dos membros inferiores e do tronco. Nesta classe os atletas também apresentam perda de força muscular e coordenação e amplitude de movimento ao nível dos membros superiores.

W2 – Atletas que competem em cadeira de rodas devido ao comprometimento dos membros inferiores. Poderão ter ou não o tronco ligeiramente afetado. Nesta classe os atletas apresentam ligeira perda de funcionalidade dos membros superiores no que diz respeito à capacidade de produção de força, coordenação e amplitude de movimento.

ST – Atletas que competem na posição de pé, com ou sem auxiliares de apoio, devido ao reduzido equilíbrio de tronco ou diferença de comprimento entre os membros inferiores. No que diz respeito aos membros superiores, podem apresentar limitações ligeiras.

sistema de classificação desportiva
deficiência visual


Nesta modalidade competem atletas com deficiência visual das classes V1, V2 e V3, sendo que as classes V2 e V3 competem em conjunto. A classificação destes atletas é realizada de acordo com os regulamentos da International Blind Sport Federation (IBSA):

  • V1 – Acuidade visual é mais baixa do que LogMAR 2.6;
  • V2 – Acuidade visual entre LogMAR 1.5 a 2.6 (inclusive) e/ou campo visual restringido a um diâmetro inferior a 10 graus;
  • V3 – Acuidade visual entre LogMAR 1.4 a 1.0 (inclusive) e/ou campo visual restringido a um diâmetro inferior a 40 graus.

Para obter mais informações sobre a modalidade visite http://www.fpta.pt/, http://www.ibsa.es/eng/deportes/archery/presentacion.htm e http://www.archery.org/.