Portugal termina Jogos Europeus de Verão VIRTUS com 33 Medalhas

Em 2022 por Fpdd

A Missão Portuguesa orientada pela ANDDI-Portugal, por delegação de competências da FPDD para área intelectual, participou entre 16 e 23 de julho, na 2ª edição dos Jogos Europeus de Verão VIRTUS, que decorreram em Cracóvia (Polónia), competindo nas modalidades de Andebol, Atletismo,
Basquetebol, Ciclismo e Ténis de Mesa.

O balanço da participação portuguesa é extremamente positivo, com 33 medalhas alcançadas, das quais: 11 foram de ouro, 11 de prata e 11 de bronze.

As Seleções Nacionais de Basquetebol e de Andebol, conquistaram os títulos Europeus. A Seleção de Basquetebol, sagrou-se Bicampeã, ao vencer a final contra a França por 74 – 39, enquanto a de Andebol bateu a Polónia na “negra” por 26-23, conquistando o título Europeu pela 4ª vez consecutiva. Destaques
individuais, no Basquetebol, para Fábio Soares que foi considerado o MVP do torneio entrando no 5 ideal da competição com o seu colega Cristiano Correia.

No Andebol, Miguel Meireles venceu o troféu de Melhor Guarda-Redes e Fábio Moleiro o de Melhor Jogador.
Também no Atletismo, onde participou em articulação com a Federação Portuguesa de Atletismo, Portugal obteve o título de Campeão Europeu por Nações no setor masculino, sendo que a equipa feminina se sagrou Vice- Campeã, com um total de 27 medalhas (9 Ouros, 11 Pratas e 7 Bronzes). O
atleta Lenine Cunha foi eleito o Best Athlete, arrecadando 3 medalhas de ouro, 1 prata e 2 bronzes.

No Ténis de Mesa, realce para as 4 medalhas de bronze conquistadas na competição. Pedro Cardoso, conquistou o Bronze no Open Individual, em Equipas onde competiu conjuntamente com o Turco Utko Cabroglu e no Par constituído com o Francês Timo ThéIvaldi. As irmãs Cátia e Vitória Andrade conquistaram o Bronze na competição de Equipas Femininas.

Na competição de Ciclismo, Carlos Carvalho, o único representante nacional, conseguiu um 5º lugar no Contra-Relógio Individual e um 6º lugar no Prova em linha de 55 kms, onde um furo na primeira volta o fez perder o pelotão tornando difícil o acesso às medalhas.

Parabéns a todos os que constituíram esta Missão e contribuíram para esta prestação que voltou a dignificar as cores nacionais, numa competição internacional.